O Espiritual no Desenho

“Ele olhou e viu, e eis que a sarça ardia no fogo mas não era devorada. Moisés disse: “Vou adentrar-me para ver esta grande visão…e Deus chamou-o do meio da sarça: “Moisés! Moisés!”. Ele disse: “Eis-me aqui!” Tira as tuas sandálias dos pés, porque o lugar onde estás é um lugar sagrado.” Ex3, 2-5

Estas e outras pistas inspiraram um fim-de-semana de Retiro de Diários Gráficos na Casa Velha (19 – 21 Julho). Orientados pelo Mário Linhares e com o apoio da Laloran Book Sketch, 13 sketchers partilharam o Espiritual no Desenho, olhando e vendo tantas,  simples e grandes coisas, que nos escapam quando não paramos e nos adentramos.

A vida de Andy Goldsworthy  (http://www.youtube.com/watch?v=kGFOLChNOak), ligada à sarça de Moisés, levou também a uma manhã de Land Art, com marcas ainda visíveis.

É engraçado ver como o desenho nos concentra, nos foca a atenção, exterior e interior. E como partilhar momentos de criatividade, beleza e simplicidade podem ser tão reparadores e transfigurar a realidade. As boas refeições, preparadas pelo voluntário permanente da Casa Velha Luís Mah, reforçaram o milagre da multiplicação dos pães e dos desenhos.

DSC03264

Desenho: Filipe Almeida

DSC03303Land Art: Ketta Linhares

DSC03125 DSC03251

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s