Celebrar uma Grande Páscoa

IMG-20190426-WA0032Hoje celebramos o dia de S. José, o homem Bom que foi chamado a cuidar e guardar Jesus, Terra discreta onde Jesus cresceu em sabedoria e graça. Celebramos também o casamento de Catherine e Henrique Alvim, há 57 anos atrás. Este ano festejamos ainda a agradecer a Grande Páscoa que nos foi dada a viver, uma Páscoa atravessada por um outro casamento e o nascimento de uma casa nova, a partir desta Casa Velha.

A 26 de abril casaram a Rita Fijan e o Miguel Fung, dois Atravessados (Comunidade de Voluntários da Casa Velha – Vale Travesso) que aqui se conheceram na Páscoa de há dois anos. Três rosas pedidas à velha roseira de onde Henrique apanhou as rosas para o ramo de Catherine há 57 anos, abençoaram o ramo da Rita, como que a marcar esta Passagem. O dia foi de grande Alegria, de Ressurreição, antecipada por uma preparação muito especial.

57240598_2737183196353806_8290017012835418112_o57402277_2751440294928096_9220515097623920640_o

Entre 12 e 17 de abril, 35 participantes do campo de Trolhas (da Associação CAMTIL) ajudaram a arrumar a Casa Velha (arrumando ao mesmo tempo as suas vidas). Seguiu-se a Páscoa Atravessada, com Atravessados (incluindo os noivos), amigos, família, Escravas do Sagrado Coração de Jesus e um Jesuíta, que entrelaçaram as celebrações pascais e missões na aldeia de Vale Travesso e Ourém, com a preparação do jardim, da adega…podíamos ouvir Jesus a enviar os Seus amigos para preparar a sala para a Grande Ceia. A estes preparativos juntou-se toda a ajuda da Comunidade Local, nomeadamente com a cedência das mesas e cadeiras (do salão da capela de Vale Travesso) e do estrado para a dança (pela Câmara Municipal de Ourém). Que grande Páscoa, de Comunhão!

Aqui ficam alguns testemunhos deste dia, que revelam esta grande Travessia, para tanto Bem!

DSC_0419.JPGAcompanhar a Rita e o Miguel num dia tão especial e feliz das suas vidas foi uma grande alegria. Foi um privilégio ver nos seus rostos estampado o amor de Deus.

Estar na Casa Velha e vê-la vestida de festa para celebrar estame amor pleno, que atravessa e dá frutos encheu-me o coração.

Pessoalmente, orgulho-me bastante de ter feito parte do primeiro grupo de Atravessados, pertencer a esta grande família da Casa Velha e colher hoje, passados tantos anos, tão saborosos frutos de amor. Certamente haverá mais frutos. Certamente a Casa Velha e os atravessados contribuem activamente para a construção do Reino. 

Agradecido, peço a Deus pelos noivos Rita e Miguel, pela Casa Velha e por todos os que nela passam, para que sejam sempre imagem viva do amor de Deus.

(André Janeiro, antigo Atravessado)

A Rita e o Miguel festejaram o seu casamento na Casa Velha. A data escolhida foi simbólica, pois assinalou o aniversário em que começaram a namorar, precisamente neste lugar.

Foi também na Casa Velha que se conheceram. A Rita, convidada para celebrar a Páscoa com os Atravessados, e o Miguel, já Atravessado pelo 2º ano. Na altura, ambos escolheram integrar a missão Casa Velha, focada em cuidar da Casa com detalhe e dedicação, algo que foram percebendo ser-lhes comum. E assim se passou, como cantámos durante a festa: _“Uma placa de madeira // Lava mãos na eira // E o amor a surgir”_.

A preparação do casamento da Rita e do Miguel juntou muita gente na Casa Velha. Família da Rita, família do Miguel, amigos, Atravessados, família Alvim. Reuniu-se uma comunidade muito diversa, com o propósito de tornar esse dia perfeito aos olhos dos noivos. Entre jardins arranjados, placas construídas, mesas enfeitadas, paredes caiadas e muita mobília transportada, tudo foi sendo feito com alegria e simplicidade, como é tão característico da Casa Velha.

O dia do casamento chegou serenamente. A cerimónia, na igreja do castelo de Ourém, foi cheia de alegria, de música e de Deus. Regressámos todos à Casa Velha para a festa, descontraída e com tanta vida! E, dançando pela noite dentro, a Rita e o Miguel, e todos os convidados, celebraram este passo tão importante. Que o saibam “nutrir e cuidar, pela vida fora”!

José Maria Líbano Monteiro (Atravessado, padrinho do Miguel)

Neste dia especial, o do 57* aniversário do casamento de vossos Pais, queríamos felicitar-vos e agradecer-vos o terem aberto a “Casa Velha” à festa do casamento da Rita e do Miguel. Tal foi a porta aberta para o que vimos e sentimos como “um casamento de sonho”.

Foi com muita alegria que vimos a magia do envolvimento de tantos na preparação: os noivos, vós próprias, Atravessados, amigos, famílias dos noivos, etc. Foram momentos únicos de interacção e convívio! Desde as pedrinhas para o chão à decoração da Igreja, jeep e mesas, passando pelos desenhos, pinturas, impressões e montagens, foi o fluir de um trabalho em conjunto e lindo o seu fruto!

Sensibilizou-me a cerimónia em si, o que foi dito, o livrinho tão querido, o coro, os músicos e o Padre amigo, mas marcou-me especialmente a “Oração dos Fiéis” e ver tanta gente a comungar. Nunca vi tal em outro casamento e pensei “São Atravessados”! 

Foi para nós, pais, uma grande felicidade participar nesta festa do casamento da Rita e do Miguel. Bem hajam todos os que contribuíram para que se realizasse da maneira especial como se realizou! Penso que os vossos Pais gostaram de ver a Casa assim vivida e neste dia especial estarão “a torcer” por mais casamentos assim na sua Casa! 

Bem hajam!

Teresa e Eduardo Fung

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s